Banner
Você está aqui: Página Inicial / Notícias Caxias da Paz / 7ª DPR, DEPEN e VEC ampliam discussões sobre Justiça Restaurativa

7ª DPR, DEPEN e VEC ampliam discussões sobre Justiça Restaurativa

http://www.susepe.rs.gov.br/conteudo.php?cod_conteudo=2196&cod_menu=4
7ª DPR, DEPEN e VEC ampliam discussões sobre Justiça Restaurativa

O encontro aconteceu na última quarta (20).

A 7ª Região Penitenciária e a Vara de Execuções Criminais (VEC) de Caxias do Sul receberam, na última quarta-feira (20), a visita técnica da consultora do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN) e do Programa das Nacões Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Fábiana Leite, no Fórum municipal onde discutiram assuntos sobre a prática da Justiça Restaurativa.

No decorrer do evento, trataram também da implantação de uma Central de Referência para a Execução de Alternativas Penais. O diretor do Instituto Penal de Caxias, Jean Fábio de Freitas, acredita que a Justiça Restaurativa surge como alternativa penal madura, humana e eficaz. “Prova disso é o interesse que o Departamento de Tratamento Penal (DTP) tem em ampliar as práticas para as demais regiões”, avalia.

O encontro contou com a participação de representantes do Departamento de Tratamento Penal (DTP), direções e equipes das casas prisionais de Caxias, representantes da Guarda Municipal e do Programa Caxias da Paz. Na ocasião, foi oferecido um almoço ofertado pela Central Comunitária do Núcleo de Justiça Restaurativa.

 

Justiça restaurativa integrada na Susepe

A Justiça Restaurativa tem sido praticada desde 2011 na Susepe, sendo que iniciou com cursos da Escola de Perdão e Reconciliação. A instituição passou por vários momentos no decorrer dos últimos 5 anos, incluindo grupos de estudos, supervisões e estabelecimento de diretrizes. Hoje, as práticas no sistema prisional já têm acontecido em diversas regiões. E agora, serão levadas como modelo para todo o Brasil.

Segundo a coordenadora regional de Justiça Restaurativa, Daiane Carbonera, "é com o trabalho acontecendo integrado com a rede municipal, que será possível alcançar a necessária reintegração social de quem está em cumprimento de pena".

Giordana Cunha
Imprensa Susepe

registrado em: