Banner
Você está aqui: Página Inicial / Notícias Caxias da Paz / Lançado o Programa Voluntários da Paz

Lançado o Programa Voluntários da Paz

O Programa Voluntários da Paz tem a intenção de capacitar gratuitamente 1 mil facilitadores voluntários de pacificação de conflitos, até novembro de 2016. Os participantes serão formados, cadastrados e supervisionados tecnicamente pelo Núcleo de Justiça Restaurativa de Caxias do Sul.
Lançado o Programa Voluntários da Paz

Texto e Foto: Douglas Barreto

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social (SSPPS), lançou oficialmente na manhã desta segunda-feira (14.03), o Programa Voluntários da Paz, promovido pelo Programa Municipal de Pacificação Restaurativa – Caxias da Paz, que é constituído em conjunto com a Universidade de Caxias do Sul (UCS), Fundação Caxias e o Poder Judiciário – CEJUSC (Centro de Solução de Conflitos e Cidadania) da Comarca de Caxias do Sul. O lançamento ocorreu no auditório do Bloco H da UCS.

O Programa Voluntários da Paz tem a intenção de capacitar gratuitamente 1 mil facilitadores voluntários de pacificação de conflitos, até novembro de 2016. Os participantes serão formados, cadastrados e supervisionados tecnicamente pelo Núcleo de Justiça Restaurativa de Caxias do Sul. Eles serão certificados pela UCS como facilitadores de círculos de construção de paz em aplicações não-conflitivas. O foco da formação está voltado à prevenção da violência e à construção de vínculos familiares, escolares, entre equipes de trabalho e comunitários. A formação compreende conceitos básicos de Justiça Restaurativa. Os Voluntários da Paz serão convidados a integrar o corpo de voluntários do Programa Caxias da Paz e a se agregar à Rede de Pacificação Social – Programa desenvolvido pela SSPPS.

Na abertura do evento, a instrutora do Programa Voluntários da Paz, Katiane Boschetti da Silveira, apresentou o Programa Caxias da Paz e seus objetivos. Em seguida, o coordenador do CEJUSC, juiz Leoberto Brancher, ressaltou a importância do Programa Voluntários da Paz para reverter a violência. Ele salientou, que o Programa tem o objetivo de promover a paz além da esfera pública. Brancher destacou também o empoderamento das comunidades por meio da Justiça Restaurativa. “É possível reverter aquilo que hoje é um drama da nossa sociedade, a violência. Talvez, o elemento que mais alcança, lamentavelmente, uma enormidade de estatísticas. Nós temos a perspectiva de reversão. O Programa Voluntários da Paz é um projeto de promoção da paz dentro daquilo que não é possível ser feito pelas forças de segurança. Apenas a cobrança ao poder público não fortifica. Nós temos que ser atores da própria mudança que queremos. A Justiça Restaurativa é a Justiça, como poder da comunidade", disse.

O Secretário Municipal de Segurança Pública e Proteção Social em Exercício, José Francisco Braden da Rosa, reforçou a qualificação dos métodos da Justiça Restaurativa que estão sendo aplicados no Município. Barden acredita que os Voluntários da Paz vão contribuir, de forma significativa, para a pacificação social. “A Justiça Restaurativa nos proporciona muitas reflexões. Os Voluntários da Paz, nós entendemos, que é como se fosse uma vacina, que é aplicada no tecido social de Caxias do Sul. Os Voluntários da Paz são células sadias do sistema imunológico da nossa sociedade, que haverão de combater esses males que nos afligem, a violência e a criminalidade. Acreditamos que a Justiça Restaurativa está um passo adiante para que nós possamos pacificar nossa sociedade. Podemos contrapor a violência com as técnicas qualificadas da Justiça Restaurativa. A nossa maior arma é o diálogo.”

Além do lançamento oficial do Programa Voluntários da Paz, foi assinado um Protocolo de Cooperação Interinstitucional. O Protocolo visa ampliar as práticas de Justiça Restaurativa e de construção de paz nas políticas públicas e comunidades de Caxias do Sul, por meio da formação de servidores públicos e voluntários para atuarem como facilitadores de práticas restaurativas. Assinaram o documento 24 instituições. Após a assinatura, foi realizada a formatura de 69 Voluntários da Paz. Eles participaram das quatro primeiras turmas do Programa, que iniciou em fevereiro.

Participaram do evento duas comitivas, uma de Fortaleza, outra de Cabo Verde.

O Programa Voluntários da Paz conta com a cooperação técnica do Programa Justiça Restaurativa para o Século 21 do Tribunal de Justiça do RS, e da Fundação Terre des hommes, entidade internacional sediada em Lausanne, na Suíça. O curso está sendo viabilizado com recursos do fundo de penas alternativas da Vara de Execuções Criminais de Caxias do Sul e da Prefeitura de Caxias.

Interessados em participar do Programa Voluntários da Paz devem enviar e-mail para formacao.voluntariosdapaz@gmail.com ou realizar pré-inscrição no portal www.voluntariosdapaz.org.br. Mais informações pelo telefone (54) 3218-2100 Ramal: 2324. O curso e o material didático são gratuitos.