Banner
Você está aqui: Página Inicial / Notícias Caxias da Paz / Pesquisadora francesa visita programa Caxias da Paz

Pesquisadora francesa visita programa Caxias da Paz

O Programa Caxias da Paz recebeu a visita da pesquisadora francesa Christina De Angelis. A visita teve o objetivo de auxiliar no processo da pesquisa Restorative Circles in Brazil: origins, development and use of restorative circles in Brazil.

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Proteção Social (SSPPS), informa que o Programa Municipal de Pacificação Restaurativa - Caxias da Paz, desenvolvido em parceria com a Universidade de Caxias do Sul (UCS), a Fundação Caxias e o Poder Judiciário – CEJUSC (Centro de Solução de Conflitos e Cidadania) da Comarca de Caxias do Sul, recebeu a visita da pesquisadora francesa Christina De Angelis, nesta terça-feira (1º/03). A visita teve o objetivo de auxiliar no processo da pesquisa Restorative Circles in Brazil: origins, development and use of restorative circles in Brazil (Os Círculos Restaurativos: origem, desenvolvimento e uso dos Círculos Restaurativos no Brasil). Os estudos fazem parte do Mestrado - MITRA em mediação intercultural do programa Erasmus Mundus da União Européia.

Pela manhã, a pesquisadora entrevistou o coordenador do CEJUSC, juiz Leoberto Brancher. Após, conheceu o trabalho de pacificação social desenvolvido na Central da Paz Comunitária, que fica no bairro Canyon, na Zona Norte da cidade. Na Central Comunitária, ela conferiu a formação da 4ª turma de facilitadores do Programa Voluntários da Paz. O secretário de Segurança Pública e Proteção Social, Roberto Soares Louzada, a coordenadora da Central Comunitária, Suzana Cordova, e a instrutora do Programa Voluntários da Paz, Katiane Boschetti da Silveira, recepcionaram a pesquisadora. Ela acompanhou também a Oficina de Planejamento Estratégico, conforme a metodologia colaborativa "Dragon Dreaming - Como tornar seus sonhos realidade através do amor em ação". No primeiro mês, o Programa Voluntários da Paz formou 72 facilitadores de círculos de construção de paz em aplicações não-conflitivas.

No período da tarde, Christina foi recepcionada, na UCS, pelo coordenador técnico do Núcleo de Justiça Restaurativa, Paulo Moratelli. Na instituição de ensino ela pode registrar três depoimentos de pessoas que participaram de círculos restaurativos, duas em âmbito escolar e uma em um processo judicial.

Em seguida, Moratelli apresentou o organograma do Caxias da Paz e o processo de trabalho das três Centrais de Pacificação Restaurativa, Comissão de Paz e Voluntários da Paz. Os coordenadores das Centrais Judicial e Infância e da Juventude, Franciele Lenzi e Alexandre Ferronato, respectivamente, com participação das integrantes do Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS Sul), Stéphanie Oliva Marcon e Nadia Duarte, esclareceram dúvidas e relataram as atividades de cada setor.

Após as apresentações, a pesquisadora destacou as experiências com Justiça Restaurativa que teve em outros países, a um grupo de facilitadores e colaboradores do Programa. Na oportunidade, ela salientou que o trabalho da Justiça Restaurativa em Caxias do Sul é referência para o mundo. “A realidade aqui é bem diferente. O trabalho de vocês é um trabalho corajoso. Tem tanto para pesquisar aqui, ficaria muito mais. Sabia que tinha coisas acontecendo aqui, mas não sabia que eram tantas, fiquei surpreendida. É muito interessante o que vocês estão fazendo. Gostaria de voltar para continuar a pesquisa. Vocês são líderes no que vocês estão realizando, não só para o Brasil, mas, para outros países que possuem a mesma gravidade”, afirmou a pesquisadora.

Voluntários da paz

Interessados em participar do Programa Voluntários da Paz devem enviar e-mail para formacao.voluntariosdapaz@gmail.com ou realizar pré-inscrição no portal teiadapaz.org.br. Mais informações pelo telefone (54) 3218-2100, ramal 2324. O curso e o material didático são gratuitos.